23 de nov de 2017

Resenha do livro A FILHA DA MINHA MULHER, de Maria Montillarez

O novo romance de Maria Montillarez, A filha da minha mulher, ICEIB 2017, é sem dúvida uma agradável leitura, além de intrigante e muito bem estruturada. Nos prende desde as primeiras linhas e conduz o leitor aos mistérios da mente sórdida dos seres humanos, que com seus atos pecaminosos provocam dor, desesperança, angústias entre tantos outros sentimentos comuns em todos nós.
O romance conta os caminhos e descaminhos na vida de três personagens principais: o
marido Noel César, sua esposa Marisa e a filha desta, Rafaela. A montagem do romance é bem organizado, com diálogos bem definidos e autoexplicativos.
Maria Montillarez faz com que a leitura seja prazerosa e leve, nos prendendo a cada página lida, já ansiosos para chegarmos na seguinte. O relato do casamento entre Noel e Marisa nos remete a um relacionamento perfeito, mas toma contorno não muito comuns, quando ela se dedica, quase que integralmente à sua carreira profissional, de maneira compulsiva e viciante, inclusive, deixando de acompanhar o crescimento da filha, Rafaela, logo após a morte do pai biológico, delegando tal tarefa a Noel César, que cuida da enteada como se fosse sua própria filha.
Com a misteriosa morte de Marisa, Noel e a se afastam, quando ela vai se exilar na Europa, voltando a se reencontrarem muitos anos depois. Eles vivenciaram ao longo dos anos momentos distintos, um chorando a morte da esposa e outro por privar-se de um amor não correspondido.
Com pitadas dignas de um belíssimo romance policial, com o final surpreendente e jamais imaginado pelo leitor, Maria Montillarez nos brinda com uma mensagem espetacular, onde o amor verdadeiro sempre merece vencer.

Parabéns!

Lindoberto Ribeiro
Escritor.

Acesse um dos links abaixo e conheça algumas de nossas obras:

Livraria AMAZON


Livraria CULTURA

Favor curtir e compartilhar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário